Por que a França, no outono, é ainda mais linda?

postado em: Pequenos Prazeres, Viagens | 1

Como disse um amigo, a França é linda e ponto. Não importa a época. Mas depois já ter viajado para lá no verão (“ah, não quero passar frio”), primavera (“absolutamente tudo está tão florido!”) e inverno (ossos do ofício. Que chato, só que não), agora posso dizer com propriedade: o outono é, sem dúvida, a melhor época para se visitar o país.

Paris vista do alto do parque de Belleville. Um presente da Fernanda Hinke que me levou para conhecer a área pouco explorada pelos turistas. Foto: Juliana Bianchi
Paris vista do alto do parque de Belleville. Um presente da Fernanda Hinke que me levou para conhecer a área pouco explorada pelos turistas. Foto: Juliana Bianchi

A gente fica assim, desconfiado, porque, convenhamos, essas estações intermediárias meio que não existem no Brasil. A primavera pode até ser, as flores marcam mais presença. Mas em país tropical não tem essa coisa das folhas mudarem de cor, irem trocando do verde para o amarelo, vermelho e alaranjado até caírem às pencas e forrarem o chão como um tapete. Lindo.

O muro todo vermelho em Lisieux. Para não restringir as belezas francesa a Paris. Foto: Juliana Bianchi
O muro todo vermelho em Lisieux. Para não restringir as belezas francesa a Paris. Foto: Juliana Bianchi

Fora isso, a temperatura mais baixa (mas ainda bem suportável) ajuda a manter a dignidade na hora de se perder pelas ruas de Paris sem ficar suando loucamente. E, caso o vento ou a chuva atrapalhem um pouco, sempre haverá por perto um café com calefação e um bom croissant para você se recompor.

Tapetede folhas nas alamedas do cemitério Père-Lachaise. Foto: Juliana Bianchi
Tapete de folhas nas alamedas do cemitério Père-Lachaise. Foto: Juliana Bianchi

Ainda duvida que esta é a época mais linda para ir à França? Pois vejam as algumas das fotos que tirei na última semana e tirem suas próprias conclusões. Pena que imagem bonita não dá desconto na passagem aérea.

Jardim das Tuileries, Paris Foto: Juliana Bianchi
Jardim das Tuileries, Paris Foto: Juliana Bianchi
Tapetão no Parque d'Acclimatation, no Bois de Boulogne.Foto: Juliana Bianchi
Tapetão no Parque d’Acclimatation, no Bois de Boulogne.Foto: Juliana Bianchi
Qualquer bequinho fica com cara de poesia. Este é em Honfleur, na Normandia. Foto: Juliana Bianchi
Qualquer bequinho fica com cara de poesia. Este é em Honfleur, na Normandia. Foto: Juliana Bianchi
Deauville, na Normandia.Foto: Juliana Bianchi
Deauville, na Normandia.Foto: Juliana Bianchi

  1. Kervern

    Sem esquescer o vinho novo,Beaujolais……etec as caças…….chevreuil,sanglier!!!!!!!!!!!!boire un petit coup en mangeant un petit bout……..c est agreable.aie delícias ……..epicure!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *