Cases para carregar o vinho com charme

postado em: Gourmet | 0

A primeira vez que eu vi uma versão mais descolada de case para levar vinhos foi com a querida Angela Klinke, um modelo todo florido feito pela mais do que prendada Dona Zely (mãe da Klinkes). Pois não é que o espumante Mumm parece que entrou na mesma vibe e resolveu lançar (anos depois, diga-se de passagem) um case térmico revestido com os tecidos gracinhas da grife carioca Farm. São várias estampas!

Da esquerda para a direita: cases da Mumm, Perrier-Jouët e Winefit
Da esquerda para a direita: cases da Mumm, Perrier-Jouët e Winefit

Como se não bastasse, a alça ainda é feita de couro ecológico. Para conseguir o seu basta acessar o Facebook da Mumm e comprar uma garrafa (R$ 39,90).

Outra que lançou case especial foi a champanhe Perrier-Jouët, mas aí numa linha mais sofisticada, em neoprene, como se fosse uma jaquetinha. O preço acompanha o naipe da bebida, R$ 250. Outra possibilidade, ainda mais refinada – boa para impressionar aquele sogro metido a entendedor de vinho – é o case da Winefit (com versões para de 1 a 18 garrafas), revestida em couro e firme o suficiente para ser despachada na viagem de avião. A versão para uma garrafa custa R$ 220.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *