Cinema para namorar

postado em: Cultura | 0

Uma das coisas mais chatas para quem vai no cinema em clima de romance é ter que enfrentar aquele braço duro que separa as poltronas esmagando as costelas toda vez que você tenta se aninhar em braços alheios. Há quem diga bem feito, cinema não é lugar para namorar, que fiquem em casa. Mas, convenhamos, ir ao cinema é que é o barato.

Pois foi em clima de nostalgia – e não pensando nos casaizinhos, como eu – que os empresários André Sturm e Facundo Guerra se uniram para criar a primeira sala em estilo drive-in de São Paulo, dentro do Cine Belas Artes, na rua da Consolação. Não, não teremos carros entrando no prédio parcialmente tombado pelo Condephaat, como antigamente, mas os bancos de couro de Cadillacs, Dodges, Impalas e Galaxies já estão lá, devidamente reformados, aguardando os primeiros amassos sob a luz do refletor.

2016-06-16 17.16.38

No total são 23 bancos de dois e três lugares (estes apenas no que deve ser a primeira fila mais disputada dos cinemas paulistanos) onde se poderá esparramar enquanto assiste à programação na  telona. Para completar o clima, um trailer com menu assinado pelo bar Riviera foi instalado no fundo da sala para garantir comidinhas e bebidas o tempo todo. Quer dizer, você pode fazer o pedido antes de apagar as luzes e voltar quantas vezes quiser para pegar um petisco, uma cerveja ou um milkshake extra sem perder um só trecho do filme.

Como nas demais salas, as entradas com lugar marcado podem ser compradas com antecedência pelo site Ingresso Rápido ou na bilheteria. O custo é de R$ 30, sendo que neste primeiro mês haverá um preço promocional de R$ 20. Mas cuidado, as últimas três fileiras ainda permanecem com os tradicionais bancos individuais com braço fixo. Fuja

Na programação de estreia estão previstos clássicos como “Vestida para Matar” (17/6, às 16h), “O Albergue” (18/6, 22h), “Coração Satânico” (19/6, 15h) e “HellRaiser” (21/6 às 19h), entre outros. Mas não deixe para chegar em cima da hora. Antes do filme começar serão exibidos curtas e vídeo-clipes à meia-luz.

Veja abaixo como é a nova sala Drive-in, do Cine Belas Artes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *