Drinks selecionados para o happy hour

postado em: Gourmet | 0

Tomar um drink é uma das melhores formas de relaxar no fim do dia. Mas com as bebidas valendo quase tanto quanto um prato, é melhor não se arriscar muito. Depois de provar algumas misturas decepcionantes a preço de ouro, resolvi fazer uma pequena lista dos quatro coquetéis que mais me marcaram nos últimos tempos.

dfsfs
Meus preferidos: Aberdeen (esq.), Cheers (dir.), Spritz (acima) e caipirinha de romã e lichia (abaixo)

1- Caipirinha de romã, lichia e hortelã, no Saj
Perfumada e exótica, é diferente de qualquer caipirinha que você já tenha provado, mas ainda assim deliciosa. Só tem um problema: é impossível tomar só uma.

2- Aberdeen, no Número
Essa mistura de whisky, xerez e baunilha feita pelo mestre Derivan Ferreira de Souza é realmente de tirar o chapéu. Servido na taça de martini bem gelada, tem uma elegância digna de Chanel, ou de uma noite especial.

3- Spritz, no Zena Caffé
Já encontrei diversas versões de spritz por São Paulo, mas nenhuma me transportou tão rapidamente para Veneza, onde conheci esse drink típico da região do Vêneto, na Itália, como esse feito no Zena Caffé. Com receita clássica – apenas Aperol, prosecco e uma rodela de laranja – tem o amargor no ponto para abrir o apetite.

4- Cheers, no Anexo São Bento
Feito com gin, vermoute, suco de maçã, calda de gengibre, hortelã e bitter cítrico é um dos mais refrescantes deste ranking. Ideal para tomar numa noite bem quente, acaba de aterrissar na carta de drinks recém-remodelada por Talita Simões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *