Feiras de produtos orgânicos se multiplicam pelo Brasil

postado em: Gourmet | 2

Não tem nada melhor para abrir o apetite e a imaginação da cozinheira de plantão do que sentir o cheiro dos alimentos frescos na feira. É uma mania prazerosa. Mas também serve como filtro para sentir quanto de pesticidas há por ali. Se nos legumes, a identificação é mais complicada, não há pesticida que se esconda em um maço de agrião. Pode fazer o teste.

Faça ao teste do olfato e veja a diferença entre uma verdura com e sem agrotóxico na feira
Faça ao teste do olfato e veja a diferença entre uma verdura com e sem agrotóxico na feira. Foto: Reprodução Idec

Foi pelo incômodo que isso me causava, inclusive tirando o prazer na hora de comer que comecei a buscar as feiras de produtos orgânicos. O preço é mais alto? Sim, é. Mas nada que vá fazer você ficar pobre se tiver que pagar R$ 2 por um pé generoso de alface com cheiro e gosto de alface, ao invés de R$ 0,50 por outro com sabor de remédio. Ou R$ 8 por um pacote de tomatinho cereja com gosto de tomatinho cereja. Docinho, docinho.

Para ajudar, você ainda passa a variar a dieta com um monte de verduras e legumes que raramente aparecem nas feiras comuns como a azedinha, a acelga chinesa, o inhame e o mentruz.  E, vira e mexe, encontra produtores e consumidores dispostos a te dar uma aula de culinária saudável de graça. Ali, de pé, na frente da barraca mesmo. É só puxar papo e começar a anotar.

Barraca de legumes e verduras orgânicas na feira do shopping Villa Lobos: aos domingos, com aulas e orientações para ter uma vida mais saudável. Foto: Divulgação
Barraca de legumes e verduras orgânicas na feira do shopping Villa Lobos: aos domingos, com aulas e orientações para ter uma vida mais saudável. Foto: Divulgação

Mas a melhor notícia mesmo é que, com cada vez mais gente se conscientizando dessa diferença, o mercado de produtos orgânicos vem crescendo 20% ao ano, segundo dados do Sebrae, e o número de feiras desse tipo não para de crescer por todo o Brasil. Só em São Paulo, neste mês, foi garantida a manutenção da feira no Modelódromo do Parque do Ibirapuera, aos sábados, e lançada outra no estacionamento do Shopping Villa Lobos, aos domingos. Sem falar na promessa de termos uma também no Largo da Batata.

Na internet, a página do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) traz atualizações diárias no mapa de localização das feiras orgânicas em todo o Brasil. De Boa Vista (RR) e Manaus (AM), a Santa Maria (RS) e Itabuna (BA). Passa lá pra ver qual a mais perto da sua casa.

2 Responses

    • Juliana Bianchi

      Oi Norma.
      Em Campinas tem feira de produtos orgânicos às sextas-feiras no Centro de Convivência Cultural Carlos Gomes (Praça Imprensa Fluminense, s/n), no Cambuí, e também às quartas, no Bosque dos Jequitibás (Rua Coronel Quirino, 2), no Centro.
      Espero que tenha ajudado.
      Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *