Ninguém ama ninguém por mais de dois anos. Será?

postado em: Cultura | 0
Cartaz de divulgação de "Ninguém Ama Ninguém... Por Mais de Dois Anos", idealizado pelo publicitário Marcello Serpa
Cartaz de divulgação do filme, idealizado pelo publicitário Marcello Serpa. Foto: divulgação

As histórias de amor, desejo, traição e ódio que marcaram a série “A Vida Como Ela É”, de Nelson Rodrigues, estão de volta ao cinema. Em seu primeiro longa, o diretor Clovis Mello, da Cine – referência no mercado publicitário –, reuniu cinco contos ainda inéditos no audiovisual para compor a filme “Ninguém Ama Ninguém… Por Mais de Dois Anos”.

Com estreia marcada para dia 19 de novembro, o filme pode ser encarado como uma comédia (se você nunca foi traído, como diz o anúncio) ou drama (se já passou pela situação). O fato é que dá para se divertir e ainda sair pensando na imprevisibilidade dos relacionamentos. E do próprio ser humano e seus desejos.

Produzida em parceria com o próprio Nelson Rodrigues Filho, e distribuído pela Europa Filmes, a obra traz Gabriela Duarte, Marcelo Faria, Ernani Moraes, Zezeh Barbosa e Luana Piovani, entre outros atores, em histórias ambientadas no Rio de Janeiro do início da década de 1960.

Com direito a linguagem, figurino e atitudes de época. Muitas delas politicamente incorretas, bem ao estilo rodrigueano. Provocação pura.

Veja o trailer:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *