Pâtisserie carioca desembarca em São Paulo

postado em: Gourmet | 0

Sucesso no Rio de Janeiro, onde já tem cinco lojas desde 2011, a pâtisserie Paradis abriu semana passada sua primeira loja na capital paulista. O espaço entre as ruas Lorena e Oscar Freire é pequenininho, mas tão bem planejado pelo arquiteto Chicô Gouveia que faz lembrar uma caixinha de joias. E que joias! Das melhores. Comestíveis!

O nome da boutique é homenagem do chef Pierre Cornet-Vernet a sua avó Elise Paradis, que lhe ensinou a receita genuína do macaron
O nome da boutique é homenagem do chef Pierre Cornet-Vernet a sua avó Elise Paradis, que lhe ensinou a receita genuína do macaron. Foto: Flávio Sagae /Divulgação

Os macarons, carro-chefe da loja comandada pelo chef francês Pierre Cornet-Vernet – que já esteve à frente do restaurante da Maison Christian Dior, em Paris – chegam em 20 sabores, alguns feitos especialmente para a cidade: Contreau com chocolate meio amargo; amarena – tipo de cereja silvestre – com pistache, framboesa com rosa; e chocolate, feito com a melhor seleção de cacau tipo Criollo. Deliciosamente macios por dentro e quebradiços por fora. R$ 4,60, cada.

As Mademoiselles da Paradis, versão mais leve e sofisticada da famosa Nha Benta. Foto: Divulgação
As Mademoiselles da Paradis, versão mais leve e sofisticada da famosa Nha Benta. Foto: Flávio Sagae /Divulgação

Os bombons com praliné e ganache derretem ainda na mão, lembrando os da francesa Lenôtre, pelos quais eu costumo matar nos dias de mais TPM. Mas, curiosamente, achei os poucos chocolates em barra que provei um pouco doces de mais. Talvez por um leve desequilíbrio na saudável adição de frutas secas e nuts.

Há ainda uma versão sofisticada de Nha Benta, infinitamente mais leve e interessante do que o original, que valem as calorias. R$ 6,90, cada.

Serviço:
Paradis
R. Haddock Lobo, 1380 – Jardins
Tel: (11) 3542-2652

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *