Poesia digital

postado em: Pequenos Prazeres | 0

Depois de criar uma versão digitalmente lúdica da história de Frankenstein, com o “Frankie for Kids“, o pessoal da Y+B Digital Content acaba de lançar o app para celulares “Via Láctea“. Uma prova de que a poesia não está morta e pode ganhar traços ainda mais encantadores com a tecnologia. Pelas mãos da dupla Samira Almeira (que aprendeu ainda na escola a beleza do parnasianismo) e Fernando Tangi, um ilustrador de sensibilidade ímpar, o soneto XIII do poema Via Láctea, de Olavo Bilac, renasce com delicadas ilustrações, animações, sons e interatividades, que tornam a leitura mais viva.

A delicadeza do trabalho de Samira Almeida e Fernando Tangi a favor da poesia de Bilac
A delicadeza do trabalho de Samira Almeida e Fernando Tangi a favor da poesia de Bilac

Como um convite à emoção, é preciso abrir a janela (seria da alma?) para começar a leitura, brincar com as estrelas (cadentes, sonoras ou escondidas) e deixar a imaginação voar com balões numa viagem pela noite cintilante. Afinal, como diria Bilac “só quem ama pode ter ouvido capaz de ouvir e entender as estrelas”.

Um ótimo presente – disponível para Android ou IOS (Apple) – para os apaixonados nesse Valentine’s Day ou em qualquer outro dia do ano, por apenas US$ 1,99. Dá só uma olhadinha no vídeo de apresentação.

http://www.youtube.com/watch?v=fGWFgB6YL7o

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *